Posts

10 DESTINOS PARA APRECIAR A ARQUITETURA

1. Buenos Aires – Argentina

Primeiramente, que tal desembarcar em Buenos Aires? Por lá, o Caminito é um dos pontos mais imperdíveis. Com cores vivas e pinturas espalhadas por toda a parte, a ruazinha com cerca de 150 metros de extensão é considerada um verdadeiro museu a céu aberto.

2. Salvador – Brasil

Declarado Patrimônio Histórico pela UNESCO, o Pelourinho e todas as construções coloridas são uma atração à parte por Salvador. Conhecido mundialmente, graças ao videoclipe gravado pelo rei do pop Michael Jackson, o local encanta a todos que o visita, assim como também rende fotos maravilhosas.

3. São Francisco – Estados Unidos

Com fachadas coloridas e a cidade de São Francisco como pano de fundo, Painted Ladies é um daqueles pontos encantadores do destino e que não podem ficar de fora do seu roteiro. Aproveite para fazer belas fotos no local ou curtir a vista sentado no gramado em frente às famosas casas do antigo seriado Três é Demais. Ou seja, tenha a câmera sempre em mãos.

4. Barcelona – Espanha

Projetado pelo arquiteto Antoni Gaudí, o Parque Güell é um dos pontos mais coloridos da bela e cosmopolita Barcelona. Com mosaicos e mirantes que oferecem vistas imperdíveis da cidade, o lugar é um dos mais visitados por turistas de todo o mundo.

5. Miami – Estados Unidos

De dia ou de noite, Miami sempre encanta por suas cores, seja pelas fachadas de lojas e restaurantes ou por seus letreiros luminosos. Com clima ameno durante o ano todo, o ar descontraído e as ótimas opções de compras, o destino tornou-se queridinho dos brasileiros.

6. Ilhas Gregas – Grécia

Com tons de branco em suas paredes e azul intenso em suas janelas, portas e telhados, as ilhas de Santorini e Mykonos são famosas pela arquitetura espetacular. O contraste com o tom do mar deixa o lugar ainda mais bonito.

7. Roma – Itália

Roma tem muito a ser visitado como, por exemplo, Coliseu, a Basílica de São Pedro, a Fontana di Trevi, a Capela Sistina, a Piazza Navona e o Pantheon. Ou seja, points históricos não vão faltar e vale a pena conhecer!

8. Dubai – Emirados Árabes Unidos

Em um pedaço do mundo chamado Oriente Médio, estão os Emirados Árabes Unidos, e ali, a pequena gigante Dubai. A cidade é, atualmente, um disputadíssimo destino de negócios, um ícone do turismo de luxo e o local dos sonhos para muitos viajantes, inclusive dos amantes de arquitetura. Sabe o motivo? Pois, além das estruturas grandiosas e de uma ilha artificial, ela conta com o maior arranha-céu do mundo, o Burj Khalifa.

9. Xangai – China

Agora, que tal falar da combinação perfeita de passado e futuro? Xangai guarda ruas com arquitetura shikumen, típica do século 19, e arranha-céus futuristas capazes de chamarem atenção de todos os visitantes. Além disso, avenidas com influências do art déco do século 20 também fazem parte de sua característica. Qual o grande destaque? Enfim, muitos prédios atraem olhares, mas não podemos deixar de citar o Shanghai Tower, segundo prédio mais alto do mundo.

10. Nova York – Estados Unidos 

Por fim, não podemos deixar Nova York de fora desta lista, né? Além do novo parque, Little Island,  conjunto de 132 estruturas de cimento flutuando no Rio Hudson, em Manhattan, essa queridinha americana conta com o Empire State Building, o Chrysler Building, a Brooklyn Bridge, o The Oculus e, claro, o Grand Central Terminal. Enfim, não faltam pontos turísticos.

E aí, ficou interessado em conhecer algum desses destinos? Então vamos conversar para planejarmos essa aventura com total segurança e tranquilidade.

Fontes: Segue Viagem

Roteiro de 10 dias pelo Peru

Peru, nosso país vizinho aqui na América do Sul , conhecido mundialmente pelos seus sítios arqueológicos, merece nossa sugestão de roteiro.

Vou deixar aqui a sugestão de um roteiro de 10 dias explorando o país.

Começando por Lima/ Arequipa/Colca/Puno/Lago Titicaca/Cusco/Vale Sagrado/ Machu Picchu/Cusco/Lima.

Lima – A capital do Peru merece , pelo menos, uns dois dias de estadia. A orla de Miraflores é belíssima e concentra os  hotéis mais novos como : Ibis Style Lima  e Mercure Ariosto.

Farol de Miraflores

Arequipa – Conhecida por muitos como a “Cidade Branca”, graças aos casarios centrais que foram construídos em silla, um tipo de pedra branca vulcânica porosa. Arequipa guarda, até hoje, cenários e histórias preciosas como a Juanita, uma das múmias mais bem preservadas do Peru, e o Mosteiro de Santa Catalina, um dos mais bem conservados conventos de clausura do país.

Mosteiro de St. Catarine

Colca – No espetacular Vale do Colca, subindo os contrafortes do vulcão Chachani, é possível admirar os vulcões Misti e Picchu Picchu.

Puno – é considerada a capital folclórica do Peru. Sua grande atração é o Lago Titicaca. Passear pelo Lago Titicaca e visitar suas Ilhas Flutuantes está no topo da lista sobre o que fazer em Puno. Sem dúvidas, as ilhas flutuantes, chamadas Ilhas Uros, são o maior destaque do Lago Titicaca Peruano. Mas, a viagem não estará completa sem uma visita a, pelo menos, umas das outras duas ilhas: Ilha Taquile e Ilha Amantaní.

Lago Titicaca – Puno

Cusco, e principalmente o Valle Sagrado, merecem alguns dias no roteiro, pois têm vários sítios arqueológicos para serem visitados.

Ao longo do Valle Sagrado dos incas, que começa em Huambutío e termina em Ollantaytambo, existem centros arqueológicos de importância e altura na época incaica. Passear por este magico Vale, vai deixar uma impressão que perdurará no tempo e em suas lembranças.

Sacsayhuaman – Cusco

Machu Pucchi – A Cidade Perdida dos Incas, surpreende com seus terraços, santuários cerimoniais, degraus e áreas urbanas. A energia está ao redor de todos.

Huayna Picchu – Machu Pucchi

Gostou do roteiro?

Podemos montar um totalmente personalizado para você.

Entre em contato pelo WhatsApp da página e saiba mais.

Navegar no destino

Que tal se aventurar pilotando sua própria casa-barco nos canais e rios da Europa?

Nesse momento que estamos passando de distanciamento social, apresento para você uma ótima alternativa de turismo, muito usada pelos europeus.

Eu tive a oportunidade de conhecer alguns modelos de barcos, quando estive na Alemanha. Além disso, tenho amigos que já cruzaram vários rios da França a bordo desses barcos.

O aluguel de uma casa-barco é uma ótima maneira de combinar atividades e relaxamento de uma forma totalmente diferente.

Existem vários roteiros onde você poderá ter experiências inesquecíveis como:

✅ visitar locais históricos pouco explorados;

✅ experimentar a gastronomia local;

✅ andar de bicicleta suavemente ao longe do caminho de reboque;

✅ praticar esportes aquáticos: caiaque, vela ou apenas dar um mergulho;

✅ explorar uma região de vinhedos, e muito mais.

Existem barcos de vários tamanhos; de uma até 5 cabines, todas com banheiros privativos, cabendo de 3 até 12 pessoas de forma confortável.

 

O tempo de locação varia de 2 a 7 noites.

E o mais importante, você não precisa ter prática ou uma licença especial. Você recebe um treinamento no momento da locação. Os barcos são bem seguros, pois não ultrapassam mais de 10km por hora.

 

Fotos : https://www.leboat.com/

Devo contratar seguro viagem nacional mesmo eu tendo plano de saúde?

Sim! Você deve contratar um seguro viagem nacional mesmo possuindo um plano de saúde.
Sendo seu plano nacional ou não, há muitos pontos que devem ser levados em consideração.
É importante lembrar que um serviço não substitui o outro. O plano de saúde não é seguro viagem e o seguro viagem não é plano de saúde.
O seguro nacional poderá te oferecer coberturas de diversos tipos, tudo depende do plano contratado.
Vale lembrar que alguns itens são obrigatórios.
 
Conheça algumas das principais coberturas obrigatórias:
– Cobertura médica e odontológica
– Regresso sanitário
– Traslado do corpo
– Traslado médico
– Bagagem extraviada
– Seguro de vida por morte acidental
– Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem
– Assistência jurídica por acidente de trânsito
 
Além dos itens obrigatórios, há muitos outros serviços que são adicionados quanto maior for o valor do seu plano contratado:
– Acompanhamento ao usuário segurado hospitalizado
– Hospedagem em hotel após alta hospitalar
– Retorno do segurado
– Acompanhamento de menor ou idoso
– Cancelamento de voo;
– Regresso antecipado
– Assistência a PET
 
Quanto custa um seguro viagem nacional?
A média de custo pode ser de R$5,00 por dia para uma cobertura mínima de R$15.000.
Viu só? O investimento é pequeno comparado ao tamanho dos benefícios do segurado.
 
Na sua próxima viagem nacional, pense bem e contrate seu seguro viagem.
 
Fonte : condições gerais seguradora April
 

Cinco dicas para planejar viagens e evitar perrengues

Pesquisar com antecedência pode evitar problemas e gastos desnecessários

Leia mais